O Tempo

Em 1895, antes mesmo da relatividade restrita de Einstein, um escritor britânico chamado Herbert George Wells, biólogo, aluno de T. H. Huxley – o “buldogue de Darwin” e avô de Adouls Huxley –, propôs em um romance o entendimento do tempo enquanto dimensão. Ele dizia que para existir, um objeto necessitaria de duração. - Parece-me…

“O inferno são os outros”

“O inferno são os outros”, disse Sartre uma vez. Ou ao menos a internet disse que Sartre disse. Mas também parece que os Detonautas disseram. No mundo pós-Google é difícil saber quem realmente disse o quê. Meu mundo caiu dia desses que um dos Lindos, aquele que interpreta o Hamlet, me disse que não era…

A Traição: um ensaio de picaretagem filosofal

Estrelando: o traído, o traidor, o coadjuvante consciente e o coadjuvante inconsciente. Contracenando: a informação, a moral e a responsabilidade. Cenário e enredo: a cidade, o cotidiano e a ciranda.   Um amigo sustenta a proposição teórica de que o que nos move é sexo. Eu discordo. Acho que o que nos move é a…

Paganismo, Hóstia e Pecado

Não há muito descobri ser pagã. Ainda não tinha atentado ao real significado de paganismo e, possivelmente, já empreguei a palavra sem nenhum cuidado semântico. Também nunca tive noção muito esclarecida dos significados de fé e religião, apesar de ser uma questão desde fins da primeira infância. No sul do Brasil, conservador, todos têm uma…

Amor e Solidão

Rilke define o amor como "duas solidões protegendo-se uma à outra”. Tolstoi diz que “o amor começa quando uma pessoa se sente só e termina quando ela deseja estar só”. As ideias até parecem antagônicas, mas, em verdade, são complementares. O amor depende do que você deseja fazer com sua solidão. Uma face da solidão…