Um Outro Inverno

≈ 24.06.2018 – UM OUTRO INVERNO Há pouco me apercebi de que ao inverno chegou um novo começo. Mas quem consegue dizer que há inverno quando se sente o mormaço dos 28º entrando pela janela, e a pele queimando na breve caminhada até a feira? O único inverno que vi foi no meu café, cada vez…

Outono no Calendário

≈ 20.03.2018 É dado início a mais um outono, mas o verão teima em não ir para o outro lado do globo. Procuro uma brisa de frescor, mas não encontro. Contraditoriamente, os caquis já estão expostos nas ruas, mostrando que controlamos a germinação a despeito do clima. É preciso muita força para trazer o oxigênio…

De Solstício à Equinócio

≈ 15.12.2017 Formalmente, ainda estamos na primavera. Mas a brisa quase gelada que entra pela janela de meu quarto e forma uma corrente com o vento que entra pela sala, lembra-me que lá embaixo, no térreo, o chão estará quente. É assim que tem início o verão; nesse paradoxo de vento e calor. Hoje, logo…

Houve Outono

≈  O outono não foi correspondido e não correspondeu. Não foi momento para correios. A comunicação foi interna e depois de pronta – ou enquanto pronta –, compartilhada. A criação não foi em conjunto. A criação foi um compartilhar de solidões. E agora entendo que compartilhar não necessariamente implica em comunicar. O outono foi estação…

É Inverno

≈ 21.06.2017 Hoje começou o inverno e eu só me dei conta neste instante. O horóscopo me diz, também, que o sol entrou em câncer. Não sei muito bem o que significa, mas deve ser por isso que ando uma doçura. São tantas coisas acontecendo que não tive tempo de olhar para a mudança de…

Quando o Outono Chega

≈ Acordo. Abro os olhos e apenas levanto a cabeça. Avisto a correspondência burocrática que se acumula sobre a mesa do quarto e penso ser uma pena que atualmente apenas recebamos cartas de empresas e governos. Não mais sentimos o bel-prazer do diálogo ao rasgarmos um envelope. Lembro que preciso declarar o imposto de renda…

Ah, o verão!

≈ Ficou doente naquele verão e, sem poder ligar o ar-condicionado para sobreviver, a sensação era de estar visitando o inferno. Não podia se cobrir, beber um chá de gengibre quentinho seria uma tortura. Comer também era difícil e dormir era uma experiência de sauna: pescoço e ombro suavam com o contato no travesseiro. Aos…

Foi Primavera

≈ Ainda era início de setembro, mas a próxima estação já anunciava sua chegada, agitando a esperança que em mim ainda habita. As borboletas vieram com a brisa de primavera, que entrava pelas janelas, e se acomodaram em meu estômago. Lindas melancias começaram a ser desfiladas nas feiras de rua, sugerindo um presente ao paladar. E a…